Luiza Normey: dicas para ajudar a superar o bloqueio criativo

É claro que sempre trabalhamos em busca de ideias originais e donas de um estilo único, só nosso. Porém, nem sempre a correria do dia a dia nos permite esse luxo, não é? Os profissionais que trabalham em áreas criativas sabem bem o sofrimento daqueles dias em que ideia nenhuma brota na cabeça. E mesmo quem ainda não passou, um dia ainda vai passar por ele: o temido bloqueio criativo.

Social Spirit

É nesse temido momento que boas ideias, imagens e outras referências vindas de fora da nossa cabeça fazem toda a diferença! Muitas vezes, elas se tornam a chave para obter a paz de espírito que nos proporciona o encontro com a tal da “inspiração”.

É bem verdade que atualmente temos à disposição um universo gigantesco de conteúdo através da Internet, que podem auxiliar a dar um fim nesse processo rapidinho. Porém, ter um vasto “mercado de ideias” a um clique de distância não garante nada, pois nem sempre conseguimos filtrar e aproveitar todas essas informações da melhor maneira possível. Por isso, muitas vezes é preciso impor limites às pesquisas e incluir certa organização no processo, conduzindo-o com propósito ao objetivo.

A designer Luiza Normey, do site Matiza, desenvolveu alguns “truques” que a ajudam no processo de criação das suas ilustrações – e que podem fazer o mesmo por você, na hora de destravar a sua inspiração. Adepta do Pinterest, a ilustradora usa os painéis da rede social para pinçar ideias e deixá-las sempre à mão.

luiza-normey

Para facilitar o passo a passo no posterior momento do uso, ela distribui os conteúdos em categorias distintas. Confira o exemplo de divisão que lhe ajuda sempre a tirar o máximo das suas referências:

luiza-normey-1-bloqueio-criativoIdeia: as referências que trazem uma ideia. Não é a cor, nem a forma, nem a técnica, é o conceito que a imagem passa. Com isso, é possível criar da sua maneira uma proposta totalmente diferente, a partir de uma mesma base.

Modelo: referência de um elemento-chave, ao qual você pode acabar não tendo tão claro na memória. Ou versões inusitadas de itens simples, que você encontrou com um apelo exclusivo.

Paleta de cor: é sempre interessante procurar imagens com combinações de cores relacionadas ao seu projeto ou que simplesmente lhe agradem. Podem ser obtidas a partir de uma foto, ilustração, pintura, entre outros.

Novo projeto, novas ideias 🌸🌿🌻 #watercolor #gouache

Uma foto publicada por Luiza Normey (@luizanormey) em

Técnica: a técnica de criação pode fazer toda a diferença ao estilo. É fácil de pensar para o caso de quem trabalha com artes visuais: aquarela, acrílica, pintura digital, recorte, etc, são algumas das possibilidades que podem ser exploradas e que garantem um resultado final totalmente diferente um dos outros. Grafismo: letras, linhas, pontos, formatos geométricos e tudo mais que se entrelaçam e criam padronagens. São signos que ajudam a ampliar padrões já fundamentados na cultura do dia a dia.

Cara a cara 🐯 #watercolor #surfacedesign #animals Uma foto publicada por Luiza Normey (@luizanormey) em

A profissional lembra que nem sempre são necessárias tantas referências, pois cada projeto tem uma necessidade diferente. Conforme o seu contexto, você pode (e deve!) optar por mais ou menos divisões.  O importante é que, ao manter referências disponíveis para consulta de modo facilitado, é possível mesclar diferentes categorias e ir misturando, complementando uma com a outra, até criar a sua própria obra.

No fim, fica mais fácil aplicar uma certa lógica à criatividade e desenvolver sem dificuldades algo totalmente novo, mas que foi construído a partir de várias outras referências.

Dica: no mundo virtual, além do Pinterest, é possível encontrar boas bases nas redes Tumblr, Instagram, Deviantart, Behance, entre outros. Isso, sem esquecer que o próprio mundo real também é uma base de inspiração: a natureza, as pessoas, as construções, revistas, peças de arte, roupas e qualquer coisa que esteja ao alcance dos olhos!

Voltei pro Brasil e conto um pouco da minha experiência no blog: matizablog.com 🌷

Uma foto publicada por Luiza Normey (@luizanormey) em

Imagens: reprodução


Tags:, , , , , ,

Deixe um comentário