You are currently viewing Turnê de contação de histórias beneficia milhares de crianças da rede pública de ensino em SC

São mais de 50 apresentações e ações formativas promovidas pelo projeto “Entrelaços” nas cidades de Guaramirim, Corupá e Luiz Alves

Teve início neste mês o projeto “Entrelaços”, que começou por Guaramirim, na Escola Municipal de Ensino Fundamental e Pré Escola Quati e terá mais outras dezenas de apresentações programadas até agosto deste ano que vão passar também pelas cidades de Corupá e Luiz Alves. O projeto é uma mostra itinerante de espetáculos de contação de histórias e ludicidade em escolas. “A Princesa Margarida – um musical brincante” da Metamorfose Cia Cênica é o espetáculo selecionado para a primeira edição do projeto. Além da apresentação, o “Entrelaços” também promove  oficinas de resgate das brincadeiras populares com o intuito de estimular nos alunos a cultura do brincar na comunidade escolar.

Aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e patrocinado pela Lunelli, empresa têxtil com fábricas em Santa Catarina, São Paulo, Ceará e Paraguai, o projeto contribui para a preservação da cultura popular, desenvolvimento criativo e a cidadania em crianças de Santa Catarina. De acordo com Viviane Lunelli, vice-presidente da Lunelli, esta é uma das formas de fortalecer as práticas de responsabilidade social da empresa.

– O investimento social na comunidade em que estamos inseridos é primordial. Entendemos que a nossa comunidade, como parte interessada do negócio, deve receber incentivo para se desenvolver e ser atendida nos projetos que contribuem para uma maior equidade, educação de qualidade e desenvolvimento social – afirma Viviane.

Além de contribuir para a preservação da cultura, o “Entrelaços” traz benefícios para o processo educacional. Segundo a Diretora Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Guaramirim, Marja Prüsse Rebelato, as experiências artísticas ajudam na formação das crianças como leitores.

– Os projetos culturais são fundamentais e muito significativos para as redes de ensino. São eles que proporcionam novas experiências, vivências e transformam a formação leitora com um riquíssimo repertório cultural. Alunos e equipe pedagógica ganham muito com as parcerias – declara a diretora.

Musical brincante com a participação de crianças e professores

Ao término do espetáculo “A Princesa Margarida: um musical brincante”, os

alunos e professores da plateia serão convidados para uma oficina que vai incentivar a musicalização e interação dos participantes. Interação esta que foi prejudicada durante o período de isolamento social causado pela pandemia. Sobre o tema, a atriz e uma das responsáveis pela criação da Metamorfose Cia Cênica, Angela Emilia Finardi reforçou a importância dessa retomada de interação entre as crianças.

– O desenvolvimento da empatia depende da nossa capacidade de reconhecer emoções no outro e comunicar as nossas próprias emoções. Tudo isso depende da interação. Crianças que interagem com as telas dos celulares, mas que não tem respostas às suas emoções acabam ficando prejudicadas e muitas vezes começam a se isolar – afirma a atriz.

Além das apresentações e oficinas, o projeto também contará com uma ação formativa em Luiz Alves, direcionada para crianças e uma capacitação para que professores ofereçam oficinas nas escolas do município posteriormente.

Produzido pela Marte Cultural, o “Entrelaços” pretende impactar milhares de crianças da região, com todos os elementos cênicos pensados para ressignificar o espaço e promover nas crianças o prazer de estar na escola. Para conferir a programação completa e mais detalhes sobre as apresentações, basta acessar o site oficial.